25º Artigo - Elaboração de relatórios

23/08/2011 12:27

                Muitas pessoas tem dificuldade de elaborar relatórios. Muitos ainda apresentam a cada dia um modelo diferente. Forme um padrão. Se possível, sem sua empresa, elabore um procedimento para elaboração de relatórios, para que todos possam utilizá-lo e apresentar sempre num mesmo modelo.

                A linguagem de um relatório deve ser técnica. Não é necessário uma linguagem tão apurada (dependendo da ocasião), mas deve possuir ortografia e gramática corretas. Um relatório não é um livro, mas sim uma apresentação de dados, sua análise e conclusão. Todo relatório é um documento, e como tal, deve ser levado a sério na sua elaboração.

                O relatório deve ser sempre objetivo, para que não tome tempo de quem o analisa, mas deve ser extenso o suficiente para que não deixe dúvidas. Não enrole, mas não retire informações necessárias.

                Vamos então, através de um exemplo, elaborar um relatório sobre elaboração de  relatório.

RELATÓRIO DE ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS

INTRODUÇÃO

                Através da vivência acadêmica e da experiência profissional adquirida, será apresentado uma forma padronizada para elaborar relatórios.

PROPÓSITO

                O objetivo é a apresentação de um modelo de relatório para o site “http://portaldaqualidade.webnode.com.br” de forma a ajudar aos leitores do site a padronizar a elaboração de seus relatórios, de forma que todos os envolvidos tenham acesso e se utilizem deste para apresentarem suas pesquisas, de forma clara e objetiva.

EQUIPAMENTOS E INSTRUMENTOS

                Para a elaboração da pesquisa foi utilizado um computador com acesso a internet, além do software Word.

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

                Nos meus anos de vivência acadêmica e profissional foi apresentado este modelo de relatório.

                Nem sempre um relatório possui um experimento prático. Pode ser uma pesquisa teórica, e os resultados encontrados aqui devem ser apresentados, e por vezes, substitui-se este item por “Descrição”.

                Segundo as pesquisas e a vivencia citadas, os seguintes tópicos são de suma importância na elaboração de um relatório:

1 – Introdução – Resumo teórico. A bibliografia pode ser apresentada na introdução, ou em capítulo a parte;

2 – Propósito (Objetivo) – Resume o objetivo da pesquisa, seu campo de atuação e suas limitações;

3 – Equipamentos e Instrumentos – Lista-se todos os equipamentos e instrumentos utilizados. Por vezes, por ser óbvio, não são citados computadores e softwares básicos, apenas quando estes forem imprescindíveis (softwares específicos);

4 – Procedimento experimental (Descrição) – Apresenta os dados levantados, sejam dados teóricos ou experimentais;

5 – Análise dos Resultados – Analisa os dados apresentados;

6 – Conclusão – Tomada de decisão. É aqui que se apresenta se a pesquisa teve êxito ou não.

                Pode-se também optar por padronizar a formatação do documento, inclusão de logotipos, mensagens de rodapé, etc.

ANÁLISE DOS RESULTADOS

                Através da utilização experimental deste modelo, o mesmo sempre foi elogiado nos meios acadêmicos e nas empresas em que este foi apresentado.

                Trata-se de um modelo simples e objetivo, que contém os tópicos: Introdução, Propósito, Equipamentos e Instrumentos, Procedimento Experimental, Análise dos Resultados e Conclusão.

CONCLUSÃO

                A partir da análise dos resultados, conclui-se que este modelo é um padrão eficiente para ser utilizado por todos os envolvidos, permitindo-os apresentarem seus resultados de maneira padronizada, tanto no meio corporativo quanto acadêmico, exceto quando for solicitado um modelo especifico. Com isso, facilitando a análise e discussão da apresentação deste tipo de documento.